Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Leitura Bíblica 51º dia




Levítico 9.7-24

7        E disse Moisés a Arão: Chega-te ao altar, e faze a tua expiação de pecado e o teu holocausto; e faze expiação por ti e pelo povo; depois faze a oferta do povo, e faze expiação por eles, como ordenou o Senhor.

8        Então Arão se chegou ao altar, e degolou o bezerro da expiação que era por si mesmo.

9        E os filhos de Arão trouxeram-lhe o sangue, e molhou o seu dedo no sangue, e o pôs sobre as pontas do altar; e o restante do sangue derramou à base do altar.

10     Mas a gordura, e os rins, e o redenho do fígado de expiação do pecado, queimou sobre o altar, como o Senhor ordenara a Moisés.

11     Porém a carne e o couro queimou com fogo fora do arraial.

12     Depois degolou o holocausto, e os filhos de Arão lhe entregaram o sangue, e espargiu-o sobre o altar em redor.

13     Também lhe entregaram o holocausto nos seus pedaços, com a cabeça; e queimou-o sobre o altar.

14     E lavou a fressura e as pernas, e as queimou sobre o holocausto no altar.

15     Depois fez chegar a oferta do povo, e tomou o bode da expiação do pecado, que era pelo povo, e o degolou, e o preparou por expiação do pecado, como o primeiro.

16     Fez também chegar o holocausto, e ofereceu-o segundo o rito.

17     E fez chegar a oferta de alimentos, e a sua mão encheu dela, e queimou-a sobre o altar, além do holocausto da manhã.

18     Depois degolou o boi e o carneiro em sacrifício pacífico, que era pelo povo; e os filhos de Arão entregaram-lhe o sangue, que espargiu sobre o altar em redor.

19     Como também a gordura do boi e do carneiro, a cauda, e o que cobre a fressura, e os rins, e o redenho do fígado.

20     E puseram a gordura sobre os peitos, e queimou a gordura sobre o altar;

21     Mas os peitos e a espádua direita Arão ofereceu por oferta movida perante o Senhor, como Moisés tinha ordenado.

22     Depois Arão levantou as suas mãos ao povo e o abençoou; e desceu, havendo feito a expiação do pecado, e o holocausto, e a oferta pacífica.

23     Então entraram Moisés e Arão na tenda da congregação; depois saíram, e abençoaram ao povo; e a glória do Senhor apareceu a todo o povo.

24     Porque o fogo saiu de diante do Senhor, e consumiu o holocausto e a gordura, sobre o altar; o que vendo todo o povo, jubilaram e caíram sobre as suas faces.


Levítico 10

1        E OS filhos de Arão, Nadabe e Abiú, tomaram cada um o seu incensário e puseram neles fogo, e colocaram incenso sobre ele, e ofereceram fogo estranho perante o Senhor, o que não lhes ordenara.

2        Então saiu fogo de diante do Senhor e os consumiu; e morreram perante o Senhor.

3        E disse Moisés a Arão: Isto é o que o Senhor falou, dizendo: Serei santificado naqueles que se chegarem a mim, e serei glorificado diante de todo o povo. Porém Arão calou-se.

4        E Moisés chamou a Misael e a Elzafã, filhos de Uziel, tio de Arão, e disse-lhes: Chegai, levai a vossos irmãos de diante do santuário, para fora do arraial.

5        Então chegaram, e os levaram nas suas túnicas para fora do arraial, como Moisés lhes dissera.

6        E Moisés disse a Arão, e a seus filhos Eleazar e Itamar: Não descobrireis as vossas cabeças, nem rasgareis vossas vestes, para que não morrais, nem venha grande indignação sobre toda a congregação; mas vossos irmãos, toda a casa de Israel, lamentem este incêndio que o Senhor acendeu.

7        Nem saireis da porta da tenda da congregação, para que não morrais; porque está sobre vós o azeite da unção do Senhor. E fizeram conforme à palavra de Moisés.

8        E falou o Senhor a Arão, dizendo:

9        Não bebereis vinho nem bebida forte, nem tu nem teus filhos contigo, quando entrardes na tenda da congregação, para que não morrais; estatuto perpétuo será isso entre as vossas gerações;

10     E para fazer diferença entre o santo e o profano e entre o imundo e o limpo,

11     E para ensinar aos filhos de Israel todos os estatutos que o Senhor lhes tem falado por meio de Moisés.

12     E disse Moisés a Arão, e a Eleazar e a Itamar, seus filhos, que lhe ficaram: Tomai a oferta de alimentos, restante das ofertas queimadas do Senhor, e comei-a sem levedura junto ao altar, porquanto é coisa santíssima.

13     Portanto a comereis no lugar santo; porque isto é a tua porção, e a porção de teus filhos, das ofertas queimadas do Senhor; porque assim me foi ordenado.

14     Também o peito da oferta movida e a espádua da oferta alçada, comereis em lugar limpo, tu, e teus filhos e tuas filhas contigo; porque foram dados por tua porção, e por porção de teus filhos, dos sacrifícios pacíficos dos filhos de Israel.

15     A espádua da oferta alçada e o peito da oferta movida trarão com as ofertas queimadas de gordura, para oferecer por oferta movida perante o Senhor; o que será por estatuto perpétuo, para ti e para teus filhos contigo, como o Senhor tem ordenado.

16     E Moisés diligentemente buscou o bode da expiação, e eis que já fora queimado; portanto indignou-se grandemente contra Eleazar e contra Itamar, os filhos de Arão que ficaram, dizendo:

17     Por que não comestes a expiação do pecado no lugar santo, pois é coisa santíssima e Deus a deu a vós, para que levásseis a iniqüidade da congregação, para fazer expiação por eles diante do Senhor?

18     Eis que não se trouxe o seu sangue para dentro do santuário; certamente devíeis ter comido no santuário, como tenho ordenado.

19     Então disse Arão a Moisés: Eis que hoje ofereceram a sua expiação pelo pecado e o seu holocausto perante o Senhor, e tais coisas me sucederam; se hoje tivesse comido da oferta da expiação pelo pecado, seria isso porventura aceito aos olhos do Senhor?

20     E Moisés, ouvindo isto, deu-se por satisfeito.


Marcos 4.26-41

  26   E dizia: O reino de Deus é assim como se um homem lançasse semente à terra.

27     E dormisse, e se levantasse de noite ou de dia, e a semente brotasse e crescesse, não sabendo ele como.

28     Porque a terra por si mesma frutifica, primeiro a erva, depois a espiga, por último o grão cheio na espiga.

29     E, quando já o fruto se mostra, mete-se-lhe logo a foice, porque está chegada a ceifa.

30     E dizia: A que assemelhare-mos o reino de Deus? ou com que parábola o representaremos?

31     É como um grão de mostarda, que, quando se semeia na terra, é a menor de todas as sementes que há na terra;

32     Mas, tendo sido semeado, cresce; e faz-se a maior de todas as hortaliças, e cria grandes ramos, de tal maneira que as aves do céu podem aninhar-se debaixo da sua sombra.

33     E com muitas parábolas tais lhes dirigia a palavra, segundo o que podiam compreender.

34     E sem parábolas nunca lhes falava; porém, tudo declarava em particular aos seus discípulos.

35     E, naquele dia, sendo já tarde, disse-lhes: Passemos para o outro lado.

36     E eles, deixando a multidão, o levaram consigo, assim como estava, no barco; e havia também com ele outros barquinhos.

37     E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia.

38     E ele estava na popa, dormindo sobre uma almofada, e despertaram-no, dizendo-lhe: Mestre, não se te dá que pereçamos?

39     E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança.

40     E disse-lhes: Por que sois tão tímidos? Ainda não tendes fé?

41     E sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros: Mas quem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?


Marcos 5.1-20

1        E CHEGARAM ao outro lado do mar, à província dos gadarenos.

2        E, saindo ele do barco, lhe saiu logo ao seu encontro, dos sepulcros, um homem com espírito imundo;

3        O qual tinha a sua morada nos sepulcros, e nem ainda com cadeias o podia alguém prender;

4        Porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões em migalhas, e ninguém o podia amansar.

5        E andava sempre, de dia e de noite, clamando pelos montes, e pelos sepulcros, e ferindo-se com pedras.

6        E, quando viu Jesus ao longe, correu e adorou-o.

7        E, clamando com grande voz, disse: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? conjuro-te por Deus que não me atormentes.

8        (Porque lhe dizia: Sai deste homem, espírito imundo.)

9        E perguntou-lhe: Qual é o teu nome? E lhe respondeu, dizendo: Legião é o meu nome, porque somos muitos.

10     E rogava-lhe muito que os não enviasse para fora daquela província.

11     E andava ali pastando no monte uma grande manada de porcos.

12     E todos aqueles demônios lhe rogaram, dizendo: Manda-nos para aqueles porcos, para que entremos neles.

13     E Jesus logo lho permitiu. E, saindo aqueles espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada se precipitou por um despenhadeiro no mar (eram quase dois mil), e afogaram-se no mar.

14     E os que apascentavam os porcos fugiram, e o anunciaram na cidade e nos campos; e saíram muitos a ver o que era aquilo que tinha acontecido.

15     E foram ter com Jesus, e viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido e em perfeito juízo, e temeram.

16     E os que aquilo tinham visto contaram-lhes o que acontecera ao endemoninhado, e acerca dos porcos.

17     E começaram a rogar-lhe que saísse dos seus termos.

18     E, entrando ele no barco, rogava-lhe o que fora endemoninhado que o deixasse estar com ele.

19     Jesus, porém, não lho permitiu, mas disse-lhe: Vai para tua casa, para os teus, e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor te fez, e como teve misericórdia de ti.

20     E ele foi, e começou a anunciar em Decápolis quão grandes coisas Jesus lhe fizera; e todos se maravilharam.


Salmos 37.30-40

30     A boca do justo fala a sabedoria; a sua língua fala do juízo.

31     A lei do seu Deus está em seu coração; os seus passos não resvalarão.

32     O ímpio espreita ao justo, e procura matá-lo.

33     O Senhor não o deixará em suas mãos, nem o condenará quando for julgado.

34     Espera no Senhor, e guarda o seu caminho, e te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem desarraigados.

35     Vi o ímpio com grande poder espalhar-se como a árvore verde na terra natal.

36     Mas passou e já não aparece; procurei-o, mas não se pôde encontrar.

37     Nota o homem sincero, e considera o reto, porque o fim desse homem é a paz.

38     Quanto aos transgressores, serão à uma destruídos, e as relíquias dos ímpios serão destruídas.

39     Mas a salvação dos justos vem do Senhor; ele é a sua fortaleza no tempo da angústia.

40     E o Senhor os ajudará e os livrará; ele os livrará dos ímpios e os salvará, porquanto confiam nele.


Provérbios 10.6-7

  6     Bênçãos há sobre a cabeça do justo, mas a violência cobre a boca dos perversos.

7        A memória do justo é abençoada, mas o nome dos perversos apodrecerá.

3 comentários: