Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Leitura Bíblica 107º dia



Josué 15

1         A SORTE que coube à tribo dos filhos de Judá, segundo as suas famílias, foi até ao termo de Edom, o deserto de Zim, para o sul, na extremidade do lado meridional.

2         E foi o seu termo para o sul, desde a extremidade do Mar Salgado, desde a baía que olha para o sul;

3         E sai para o sul, até à subida de Acrabim, e passa a Zim, e sobe do sul a Cades-Barnéia, e passa por Hezrom, e sobe a Adar, e vira para Carca;

4         E passa Azmom, e sai ao ribeiro do Egito, e as saídas deste termo vão até ao mar; este será o vosso termo do lado do sul.

5         O termo, porém, para o oriente será o Mar Salgado, até à foz do Jordão; e o termo para o norte será da baía do mar, desde a foz do Jordão.

6         E este termo subirá até Bete-Hogla, e passará do norte a Bete-Arabá, e este termo subirá até à pedra de Boã, filho de Rúben.

7         Subirá mais este termo a Debir desde o vale de Acor, indo para o norte rumo a Gilgal, a qual está em frente da subida de Adumim, que está para o sul do ribeiro; então este termo continua até às águas de En-Semes; e as suas saídas estão do lado de En-Rogel.

8         E este termo sobe pelo vale do filho de Hinom, do lado sul dos jebuseus (esta é Jerusalém) e sobe este termo até ao cume do monte que está diante do vale de Hinom para o ocidente, que está no fim do vale dos refains do lado do norte.

9         Então este termo vai desde a altura do monte até à fonte das águas de Neftoa; e sai até às cidades do monte de Efrom; vai mais este termo até Baalá (esta é Quiriate-Jearim).

10       Então volta este termo desde Baalá para o ocidente, até às montanhas de Seir, e passa ao lado do monte de Jearim do lado do norte (esta é Quesalom) e desce a Bete-Semes, e passa por Timna;

11       Sai este termo mais ao lado de Ecrom, para o norte, e este termo vai a Sicrom e passa o monte de Baalá, e sai em Jabneel; e assim este termo finda no mar.

12       Será, porém, o termo do lado do ocidente o Mar Grande, e suas adjacências; este é o termo dos filhos de Judá ao redor, segundo as suas famílias.

13       Mas a Calebe, filho de Jefoné, deu uma parte no meio dos filhos de Judá, conforme a ordem do Senhor a Josué; a saber, a cidade de Arba, que é Hebrom; este Arba era pai de Anaque.

14       E Calebe expulsou dali os três filhos de Anaque; Sesai, e Aimã, e Talmai, gerados de Anaque.

15       E dali subiu aos habitantes de Debir; e fora antes o nome de Debir, Quiriate-Sefer.

16       E disse Calebe: Quem ferir a Quiriate-Sefer, e a tomar, lhe darei a minha filha Acsa por mulher.

17       Tomou-a, pois, Otniel, filho de Quenaz, irmão de Calebe; e deu-lhe a sua filha Acsa por mulher.

18       E sucedeu que, vindo ela a ele, o persuadiu que pedisse um campo a seu pai; e ela desceu do seu jumento; então Calebe lhe disse: Que é que tens?

19       E ela disse: Dá-me uma bênção; pois me deste terra seca, dá-me também fontes de águas. Então lhe deu as fontes superiores e as fontes inferiores.

20       Esta é a herança da tribo dos filhos de Judá, segundo as suas famílias.

21       São, pois, as cidades da tribo dos filhos de Judá, até ao termo de Edom, no extremo sul: Cabzeel, e Eder, e Jagur.

22       E Quiná, e Dimona, e Adada,

23       E Quedes, e Hazor, e Itnã,

24       Zife, e Telem, e Bealote,

25       E Hazor-Hadata, e Queriote-Hezrom (que é Hazor),

26       Amã e Sema, e Moladá,

27       E Hazar-Gada, e Hesmom, e Bete-Palete,

28       E Hazar-Sual, e Berseba, e Biziotiá,

29       Baalá, e Iim, e Azem,

30       E Eltolade, e Quesil, e Hormá.

31       E Ziclague, e Madmana, e Sansana,

32       E Lebaote, e Silim, e Aim, e Rimom; todas as cidades e as suas aldeias, vinte e nove.

33       Nas planícies: Estaol, e Zorá, e Asná,

34       E Zanoa, e En-Ganim, Tapua, e Enã.

35       E Jarmute, e Adulão, Socó, e Azeca,

36       E Saaraim, e Aditaim, e Gederá, e Gederotaim; catorze cidades e as suas aldeias.

37       Zenã, e Hadasa, e Migdal-Gade,

38       E Dileã, e Mizpe, e Jocteel,

39       Laquis, e Bozcate, e Eglom,

40       E Cabom, e Laamás, e Quitlis,

41       E Gederote, Bete-Dagom, e Naamá, e Maqueda, dezesseis cidades e as suas aldeias.

42       Libna, e Eter, e Asã,

43       E Iftá, e Asná, e Nezibe,

44       E Queila, e Aczibe, e Maressa; nove cidades e as suas aldeias.

45       Ecrom, com suas vilas, e as suas aldeias.

46       Desde Ecrom, e até ao mar, todas as que estão do lado de Asdode, e as suas aldeias.

47       Asdode, com as suas vilas e as suas aldeias; Gaza, com as suas vilas e as suas aldeias, até ao rio do Egito, e o Mar Grande e o seu termo.

48       E nas montanhas: Samir, Jatir, e Socó.

49       E Daná, e Quiriate-Saná (que é Debir),

50       E Anabe, Estemó, e Anim,

51       E Gósen, e Holom, e Giló; onze cidades e as suas aldeias.

52       Arabe, e Dumá e Esã,

53       E Janim, e Bete-Tapua e Afeca,

54       E Hunta, e Quiriate-Arba (que é Hebrom), e Zior; nove cidades e as suas aldeias.

55       Maom, Carmelo, e Zife, e Jutá,

56       E Jizreel, e Jocdeão, e Zanoa,

57       Caim, Gibeá, e Timna; dez cidades e as suas aldeias.

58       Halul, Bete-Zur, e Gedor,

59       E Maarate, e Bete-Anote, e Eltecom; seis cidades e as suas aldeias.

60       Quiriate-Baal (que é Quiriate-Jearim), e Rabá; duas cidades e as suas aldeias.

61       No deserto: Bete-Arabá, Midim, e Secacá,

62       E Nibsã, e a Cidade do Sal, e En-Gedi; seis cidades e as suas aldeias.

63       Não puderam, porém, os filhos de Judá expulsar os jebuseus que habitavam em Jerusalém; assim habitaram os jebuseus com os filhos de Judá em Jerusalém, até ao dia de hoje.


Lucas 18.18-43

18       E perguntou-lhe um certo príncipe, dizendo: Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna?

19       Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom, senão um, que é Deus.

20       Sabes os mandamentos: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, honra a teu pai e a tua mãe.

21       E disse ele: Todas essas coisas tenho observado desde a minha mocidade.

22       E quando Jesus ouviu isto, disse-lhe: Ainda te falta uma coisa; vende tudo quanto tens, reparte-o pelos pobres, e terás um tesouro no céu; vem, e segue-me.

23       Mas, ouvindo ele isto, ficou muito triste, porque era muito rico.

24       E, vendo Jesus que ele ficara muito triste, disse: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!

25       Porque é mais fácil entrar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus.

26       E os que ouviram isto disseram: Logo quem pode salvar-se?

27       Mas ele respondeu: As coisas que são impossíveis aos homens são possíveis a Deus.

28       E disse Pedro: Eis que nós deixamos tudo e te seguimos.

29       E ele lhes disse: Na verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou pais, ou irmãos, ou mulher, ou filhos, pelo reino de Deus,

30       Que não haja de receber muito mais neste mundo, e na idade vindoura a vida eterna.

31       E, tomando consigo os doze, disse-lhes: Eis que subimos a Jerusalém, e se cumprirá no Filho do homem tudo o que pelos profetas foi escrito;

32       Pois há de ser entregue aos gentios, e escarnecido, injuriado e cuspido;

33       E, havendo-o açoitado, o matarão; e ao terceiro dia ressuscitará.

34       E eles nada disto entendiam, e esta palavra lhes era encoberta, não percebendo o que se lhes dizia.

35       E aconteceu que chegando ele perto de Jericó, estava um cego assentado junto do caminho, mendigando.

36       E, ouvindo passar a multidão, perguntou que era aquilo.

37       E disseram-lhe que Jesus Nazareno passava.

38       Então clamou, dizendo: Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim.

39       E os que iam passando repreendiam-no para que se calasse; mas ele clamava ainda mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim!

40       Então Jesus, parando, mandou que lho trouxessem; e, chegando ele, perguntou-lhe,

41       Dizendo: Que queres que te faça? E ele disse: Senhor, que eu veja.

42       E Jesus lhe disse: Vê; a tua fé te salvou.

43       E logo viu, e seguia-o, glorificando a Deus. E todo o povo, vendo isto, dava louvores a Deus.


Salmos 86

1         INCLINA, Senhor, os teus ouvidos, e ouve-me, porque estou necessitado e aflito.

2         Guarda a minha alma, pois sou santo: ó Deus meu, salva o teu servo, que em ti confia.

3         Tem misericórdia de mim, ó Senhor, pois a ti clamo todo o dia.

4         Alegra a alma do teu servo, pois a ti, Senhor, levanto a minha alma.

5         Pois tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, e abundante em benignidade para todos os que te invocam.

6         Dá ouvidos, Senhor, à minha oração e atende à voz das minhas súplicas.

7         No dia da minha angústia clamo a ti, porquanto me respondes.

8         Entre os deuses não há semelhante a ti, Senhor, nem há obras como as tuas.

9         Todas as nações que fizeste virão e se prostrarão perante a tua face, Senhor, e glorificarão o teu nome.

10       Porque tu és grande e fazes maravilhas; só tu és Deus.

11       Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e andarei na tua verdade; une o meu coração ao temor do teu nome.

12       Louvar-te-ei, Senhor Deus meu, com todo o meu coração, e glorificarei o teu nome para sempre.

13       Pois grande é a tua misericórdia para comigo; e livraste a minha alma do inferno mais profundo.

14       Ó Deus, os soberbos se levantaram contra mim, e as assembléias dos tiranos procuraram a minha alma, e não te puseram perante os seus olhos.

15       Porém tu, Senhor, és um Deus cheio de compaixão, e piedoso, sofredor, e grande em benignidade e em verdade.

16       Volta-te para mim, e tem misericórdia de mim; dá a tua fortaleza ao teu servo, e salva ao filho da tua serva.

17       Mostra-me um sinal para bem, para que o vejam aqueles que me odeiam, e se confundam; porque tu, Senhor, me ajudaste e me consolaste.

Provérbios 13.9-10

9         A luz dos justos alegra, mas a candeia dos ímpios se apagará.

10       Da soberba só provém a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria.


Um comentário: